Dr. Jerry D. Porter é um superintendente geral da Igreja do Nazareno com um escritório no Centro Global de Ministérios em Lenexa, Kansas.

Ele foi escolhido para o mais alto cargo elegível da denominação na 24ª Assembleia Geral em Santo Antonio, Texas, em Junho de 1997, enquanto servia como o superintendente distrital da Igreja do Nazareno no distrito de Washington (DC).

Dr. Porter nasceu em Oklahoma City, Oklahoma, filho do Dr. e Sra. William Porter. Ele casou-se com Toni Dubs de York, Pennsylvania. Os Porters foram abençoados com duas crianças, Amy Jo e William Britt. Aos 17 anos, o braço esquerdo de Amy teve que ser amputado por causa de um sarcoma de célula sinovial em seu pulso. Ela batalhou corajosamente pelos próximos quatro anos e veio a falecer no dia 2 de dezembro de 1995.

Jerry e Toni são graduados pela Bethany Nazarene College (agora SNU) em 1971, ambos com Bacharel em Artes em Religião e Espanhol. No verão de 1972, Jerry recebeu o Mestrado em Artes em Teologia. Ele também fez pós-graduação no Seminário Teológico Nazareno em Kansas City, Missouri. Em 1988 a Southern Nazarene University (SNU) conferiu a ele um Doutorado em Divindade por Honoris Causa.

Ele foi ordenado presbítero da Igreja do Nazareno no distrito de Houston pelo Superintendente Geral Charles Strickland em 1974, enquanto pastoreava a Igreja do Nazareno em Angleton, Texas, no distrito de Houston.

Após uma posse pastoral de 2 anos e meio, Jerry e Toni foram apontados como missionários para a República Dominicana para ajudar a lançar o trabalho da Igreja do Nazareno. O encargo incluía plantar a igreja e dirigir o programa de educação teológica por extensão.

Seguindo um rápido e explosivo crescimento da igreja na República Dominicana, os Porters foram direcionados para San José, Costa Rica, onde ele serviu como Reitor do Seminário Teológico das Américas. Durante os próximos sete anos, o seminário cresceu para mais de 100 matriculados no campus, com aproximadamente 3.000 centros extensivos ao redor da América Latina.

Em 1986, Dr. Porter foi eleito pela Junta Geral da Igreja do Nazareno como o diretor regional do México e América Central. Essa região inclui oito nações do México ao Panamá e, naquele tempo, representava 22 distritos com mais de 50 missionários e 6 instituições teológicas.

Durante o tratamento de Amy em Dallas no início de 1992, Jerry foi eleito para servir como o terceiro superintendente distrital no distrito Meso-Atlântico (anteriormente Distrito de Washington) que inclui Maryland, Delaware, Pensilvânia Centro-Sul, Washington D.C., e leste da Virgínia Ocidental. Além de suas responsabilidades como superintendente distrital, Dr. Porter também foi presidente da diretoria do Washington Nazarene Bible College Extension, membro da diretoria de Trustees of Eastern Nazarene College e do Seminário Teológico Nazareno, e membro do Hiram F. Reynolds Research Institute no Centro Internacional.

Dr. Porter tem diversas publicações em revistas Nazarenas, e é conhecido primariamente como um missionário evangelista. Sua esposa ensinou Educação Cristã e ministério de mulheres no seminário da Costa Rica servindo nesta região assim como no Distrito Meso-Atlântico como coordenadora de ministério de mulheres. Ela também organizou e dirigiu o programa de bolsas para filhos de ministros na região da América Central/México. Ela tem um mestrado em teologia, é uma palestrante frequente em seminários e retiros de mulheres e é uma porta-voz para os Ministérios Nazarenos de Compaixão de Apadrinhamento de Crianças. Toni lecionou aulas de Formação Espiritual por diversas vezes na Conferência Nazarena de Teologia da Ásia-Pacífico e para estudantes ministeriais Latinos nos EUA. Os Porters vivem no Texas. Seu filho Bill e sua esposa Kristen, e seus netos Ben e Nate, também vivem em Fort Worth, Texas.

Biografia para impressão (PDF)

Foto (Colorida)

Foto (Preto e Branco)